Publicado em: 27/07/2018

Categoria:

Aconteceu na tarde do dia 26 do mês em curso, no salão de reuniões do gabinete do prefeito, uma reunião importante que dá novos rumos na história dos moradores do Município de Nanuque, no que se refere a saúde pública.

Não foi uma reunião comum, como tantas outras; essa foi diferente; causando, inclusive, emoção em algumas pessoas presentes. O assunto tratado nesse encontro é de interesse de toda a população nanuquense e de moradores das cidades vizinha.

Foram nomeados e empossados os conselheiros do Conselho Curador da Fundação Municipal Hospitalar de Nanuque, uma instituição que dá seus primeiros passos para se transformar em realidade e assumir o Hospital Municipal de Nanuque, amparada pela Lei de Nº 2.389 de 07 de Novembro de 2017.

O Conselho é composto por representantes da sociedade civil e Poder Público, sendo em número de onze titulares e a mesma quantidade de suplentes, destacando que a maioria é de pessoas com conhecimentos técnicos específicos, como gestão em saúde; gestão hospitalar; área orçamentária e financeira; jurídica; administrativa; informática e ainda contam com representantes do Conselho Municipal de Saúde, da Câmara de Vereadores, dos Servidores da Saúde  e de um representante da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais.

Antes de proceder com a leitura da Portaria de nomeação dos conselheiros e dá posse aos mesmos, o prefeito, após agradecer a todos pelo comparecimento, fez algumas explanações inerentes, afirmando que o Ministério Público já se manifestou com a Resolução que autoriza o prosseguimento da instituição da Fundação Hospitalar e que o Departamento de Patrimônio da Prefeitura já efetuou o levantamento de todos os equipamentos do Hospital e Pronto Socorro para posterior avaliação e doação à Fundação, e que, após avaliação, será encaminhado Projeto de Lei à Câmara para autorização da doação, ressaltando que o imóvel do HPS, deverá ser regularizado, para, também ser posteriormente doado. O prefeito afirmou, ainda que o pessoal será cedido à Fundação, sem qualquer prejuízo ao servidor, até o fim do vínculo. O prefeito enfatizou, também que tem procurado a melhor orientação e forma de estruturação para a Fundação, pois abre possibilidades para aporte de recursos, além do contrato de gestão que haverá com o Município.

Após a leitura da Portaria o prefeito declarou empossados todos os membros, deixando aberta a discussão. O primeiro a fazer uso da palavra foi o secretário de saúde do município, Paulo Geová que reiterou o agradecimento a todos pela presença e aceitação do convite, e reafirmou sua crença de que haverá melhorias na transformação do Hospital em Fundação.

O diretor do Hospital Municipal, Anuar Lauar expressou que “esse momento ficará gravado na minha mente e na história de Nanuque” e elogiou o prefeito pela iniciativa. O advogado e conselheiro Dr. Hersino destacou que a criação da Fundação é um “momento histórico” para Nanuque. O Sr. José Rodolfo expressou seu contentamento de poder contribuir com o crescimento da cidade. Representando a Câmara de Vereadores, o vereador Solon Ferreira da Rocha garantiu total apoio à Fundação e se colocou à disposição como legislador e como cidadão. A representante da Secretaria de Estado da Saúde, Sra. Rose Meire destacou que de todos os 32 municípios integrantes da Regional de Saúde com sede em Teófilo Otoni, Nanuque é a primeira que instituirá uma Fundação Hospitalar e que poderá servir de modelo a outros municípios.

Após ser servido um lanche a todos, o prefeito convidou para nova reunião com o objeto de eleger a diretoria do Conselho Curador e a nomeação do Conselho Fiscal, que ficou agendada para o dia 02 de agosto de 2018, às 16 horas, na sala de reuniões da Prefeitura.