Publicado em: 12/05/2017

Categoria:

Uma reunião da mais alta significação, ocorrida na manhã do dia 11/05, pode ser considerada como o marco da retomada do desenvolvimento de Nanuque e Serra dos Aimorés, com o retorno das atividades da Dasa – Destilaria de Álcool de Serra dos Aimorés, geradora de emprego, renda e crescimento econômico na região.

Em exercício desde 1986 na produção de Açúcar e Álcool, nos últimos anos a empresa enfrentou sérias dificuldades com uma seca sem precedentes que assolou a região e viu sua produção industrial despencar de 1.200.000t (um milhão e duzentas mil toneladas) para 420.000t (quatrocentos e vinte mil toneladas) de cana, deixando um lastro de dívidas trabalhistas e débitos com fornecedores, e se viu na contingência de ter que encerrar as suas atividades após 30 anos em que figurou como símbolo de prosperidade econômico-financeira às comunidades de Nanuque e Serra dos Aimorés, deixando cerca de 3.000 (três mil) pessoas desempregadas, entre empregos diretos e indiretos.

Em seu pronunciamento, o empresário Délio Rocha comunicou que a empresa está retomando as suas atividades, após um esforço para saldar as dívidas com os trabalhadores da ordem de R$ 500.000,00/m (quinhentos mil reais mensais) e anunciou o retorno da produção já para o próximo mês de junho, no que espera poder contar com o apoio dos produtores, fornecedores de cana-de-açúcar e comunicou ainda a reformulação da composição da Diretoria, agora composta por apenas três diretores, com o empresário à frente da Presidência.

Em sua fala, o Prefeito Roberto de Jesus se colocou à disposição dos dirigentes da Dasa para colaborar naquilo que for possível, destacando a ausência do Poder Público nos últimos anos frente a situações como a que a empresa vem enfrentando.

O Prefeito comunicou ainda a vinda do Governador Fernando Pimentel à Nanuque no dia 25 de maio, quando virá acompanhado de mais de quarenta órgãos estaduais que estarão se reunindo com lideranças políticas e empresariais de toda a região, tendo já pré-agendada uma entrevista dos diretores da Dasa com o Governador, a fim de que os mesmos exponham as suas demandas frente ao desafio de recolocar a empresa nos trilhos.

“É um momento extremamente delicado o que estamos vivenciando. Todos dizem que é preciso trazer empregos para a cidade, no entanto, nós temos que realizar um esforço conjunto para que não percamos aquilo que é genuinamente nosso. A Dasa é um patrimônio social importantíssimo das comunidades de Nanuque e Serra dos Aimorés, geradora de empregos e fomentadora de desenvolvimento para a região. Precisamos somar esforços ao seu plano de recuperação.” Afirmou o Prefeito Roberto de Jesus.