Publicado em: 02/03/2017

Categoria:
REUNIAO_mini

“Comparecimento em massa em uma reunião entre Roberto de Jesus e os servidores que compõem o quadro administrativo da sede da Prefeitura; os relatos do Prefeito impressionaram os servidores pela riqueza de detalhes e contundência em relação às situações encontradas; estado de caos e de abandono instalado em todos os níveis da administração sugerindo a abertura de processos administrativos a fim de se apurar responsabilidades; constatada a necessidade de mudança de atitude e nova postura mental.”

Aconteceu no último dia 24/02, nas dependências do salão de reuniões da Igreja Imaculada Conceição, uma reunião entre Roberto de Jesus e os servidores que compõem o quadro administrativo da sede da Prefeitura Municipal, convocada pelo Prefeito para ajuste de condutas frente a uma nova mentalidade que começa a se formar diante dos novos tempos que pretende ser a sua gestão.

Os servidores, pressentindo a importância de que se reveste o momento pelo qual atravessa a administração, compareceram em massa à convocatória do Prefeito e, atentos, ouviram um relato pormenorizado do quadro que ele, Roberto, recebeu o Município em seus diversos departamentos administrativos.

Os relatos do Prefeito impressionaram os servidores pela riqueza de detalhes, que em muitos casos chocaram a assembleia que ali se formou pela contundência das situações que levaram o Município a um estado de caos e de abandono, instalado em todos os níveis, exigindo dos seus colaboradores nova atitude mental e nova postura frente aos novos desafios.

“O propósito das conversas que estamos fazendo com todos os setores da administração não é o de intimidar as pessoas, mas, de alertar para que elas estejam conscientes de que esse estado de abandono não vai continuar e de que é preciso que os servidores se resguardem, resguardem a sua imagem, porque são pessoas de bem em sua maioria e que muitas vezes passam por negligentes e até levados à conta de malandros em algumas situações, porque não foi exigido deles um comportamento diverso.” Afirmou o Prefeito Roberto de Jesus.

Roberto de Jesus fez em sua explanação expôs vários casos que deixaram a descoberto toda a falta de zelo com que até então a administração municipal foi conduzida, provocando em muitos momentos o assombro da plateia pela gravidade das situações encontradas, sugerindo, inclusive, a abertura de processos administrativos a fim de se apurar responsabilidades.

“O que nós estamos propondo é uma mudança de postura, de atitude. Não é nossa intenção promover caça às bruxas, contudo, aquelas pessoas que estiverem apostando que as coisas vão continuar como sempre estiveram, se pagarem pra ver, vão perder. Estamos abertos ao diálogo e, quanto possível, vamos fazer o resgate daquele servidor que tenha cometido qualquer irregularidade de forma culposa, sem dolo, no exercício da função. Contudo, a continuar o mesmo comportamento, as coisas podem ficar bem complicadas para estes.” Finalizou o prefeito.