Publicado em: 03/03/2017

Categoria:

“Um mês após a realização das eleições sindicais do Sindisena, foi empossada nesta quinta-feira 02/03 a diretoria eleita para o biênio 2017/2021; a solenidade aconteceu nas dependências da Câmara Municipal e contou com a presença de várias autoridades, com destaque para o Prefeito Roberto de Jesus; o Presidente da Comissão Eleitoral, o advogado Dr. Hersino Matos, responsável pela condução do processo de eleições declarou empossada a nova diretoria; no seu pronunciamento, o Prefeito Roberto de Jesus ressaltou a necessidade de diálogo para a formação de um amplo pacto social.”

Um mês após a realização das eleições sindicais do Sindisena – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nanuque, foi empossada nesta quinta-feira 02/03 a diretoria eleita para o biênio 2017/2021, sob o comando da jovem professora Lualga Miranda, que no pleito obteve pouco mais de 70% dos votos válidos, nesta que já é considerada a maior eleição da agremiação sindical desde o seu surgimento.

A solenidade aconteceu nas dependências da Câmara Municipal e contou com a presença de várias autoridades, com destaque para o Prefeito Roberto de Jesus, o Vice-prefeito Benedito Barreto e os vereadores Antônio Carlos Aranha Ruas, o Pastor Carlos Lucas do Nascimento, Benta Viegas Bouzada, ou professora Suzi e o Vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara, o vereador Valdemar Favoretti de Souza, ou João Dentista.

Após a execução do Hino Nacional, o Presidente da Comissão Eleitoral, o advogado Dr. Hersino Matos, responsável pela condução do processo de eleições no Sindicato, recebeu o juramento dos eleitos e em seguida declarou empossada a nova diretoria.

No seu pronunciamento, o Prefeito Roberto de Jesus ressaltou a necessidade de diálogo entre a Administração Municipal, o Sindicato representativo da categoria e de outros seguimentos organizados da sociedade civil, para a formação de um amplo pacto social para que Nanuque retome o caminho do crescimento.

“Administrar os recursos públicos requer o mesmo cuidado, o mesmo zelo para com o orçamento da nossa casa. Quem gasta mais do que recebe não tem segredo, vai se endividar. E a capacidade de se endividar do município já se esgotou. E em minha vida privada não estou acostumado a ter ninguém na minha porta me cobrando. Na prefeitura não vai ser diferente”. Vaticinou o Prefeito Roberto de Jesus.

E conclui dizendo: “Então, o pacto que propomos é no sentido de que quando for pra dizer não, será não. Não farei concessões para ninguém com o dinheiro do contribuinte. E espero que a sociedade entenda isso e a partir daí, possamos articular políticas sociais para quem realmente precisa do Governo”.

Por fim, devidamente empossada, Lualga Miranda em seu discurso agora como Presidente do Sindisena, agradeceu a todos pela votação expressiva e disse se sentir confiante e otimista quanto ao futuro e aposta no diálogo e no convencimento para auferir as conquistas que almeja para a categoria e que foram bandeiras da sua campanha no decorrer das eleições.

“Fico feliz quando sou abordada pelos colegas, que fazem questão de demonstrar sua confiança na nova diretoria do Sindicato, mesmo antes da nossa posse, solicitando fichas de filiação. É nesse sentido que queremos trabalhar, recuperando a imagem do Sindicato tão desgastada perante os servidores”. Declarou a Presidente.

“Assim como o Prefeito, e guardadas as devidas proporções, também penso que devemos administrar os recursos do Sindicato como os da nossa casa. Não posso gastar mais do que arrecado e muito menos achar que posso fazer o que eu bem quiser com o dinheiro dos associados. Os recursos do Sindicato são para fortalecer a luta sindical. Acabou a farra.” Finaliza Lualga Miranda.