Publicado em: 16/02/2018

Categoria:

O ano letivo nas escolas públicas de Nanuque está prestes a começar. A Secretaria Municipal de Educação vem tomando as últimas providências para que tudo esteja a contento quando os alunos retornarem às instituições de ensino, para um novo ano.

Como sempre acontece, as aulas só reiniciam depois do carnaval em quase todo o Brasil; aliás, já dizem que o ano novo verdadeiramente só começa depois do carnaval; o que não é bem assim, mas muita coisa só começa mesmo depois a festa do Momo.

Ano passado, nesse período de recomeço, o prefeito Roberto de Jesus, reuniu todos os servidores da educação para um bate papo, quando pediu o máximo de esforço da categoria em promover uma educação de qualidade para a população.

Nesse ano o prefeito mudou a forma de conversar com os servidores, ao invés de uma grande reunião com todos, ele preferiu se reunir por etapas, ou por setores. Nessa manhã de sexta, 17, o prefeito teve um longo e saudável bate papo com as monitoras e monitores das creches municipais. A conversa foi de muitos detalhes. O prefeito falou de seu primeiro ano de governo e dos avanças obtidos nesse período. Mas também se lembrou das dificuldades e desafios; e que não são poucas. Falando de avanços não poderia deixar de destacar o setor da saúde, especialmente do atendimento e da qualidade no pronto socorro local.

Roberto teceu algumas críticas aos ‘plantonistas do regresso’ e reafirmou seu compromisso de transformação. Dentre tantos assuntos o pagamento ao servidor público ganhou o tom, quando o prefeito garantiu que uma das suas maiores prioridades é com a folha de pagamento dos servidores.

Sobre reorganização na administração da cidade, o gestor destacou a necessidade de mudanças radicais, especialmente em postura, quando, no passado, maioria dos servidores trabalhava sem um rumo, sem liderança e sem gerência, e conclamou a todos para ajudar a promover as mudanças de que tanto o município necessita e a população almeja.

Ispamun, Sidsena, relação com a Copasa, a ‘farra’ dos atestados, Precatórios e outros assuntos delicados foram abordados no encontro. Todos tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da realidade do município; das finanças, dos atrasos de repasses por parte dos governos estadual e federal, inviabilizando várias ações da Prefeitura, das dívidas encontradas pela atual administração e que muitas dessas já foram quitadas, incluindo 13º salário de servidores.

“Nós estamos sempre abertos ao diálogo, sempre prontos para discutirmos o município de Nanuque. Não promovemos um regime ditatorial, porém, uma administração organizada e com respeito à coisa pública, onde não aceitamos que o bem ou os bens da municipalidade sejam usados de forma desordeira; com carros públicos rodando a serviço de particulares e tantas outras mazelas com as quais nos deparamos quando assumimos esse governo. Já nos reunimos e estamos sempre procurando ouvir a população para juntos fazermos dessa cidade a cidade que sonhamos. Já nos reunimos com todos ou quase todos os segmentos da sociedade, com o objetivo de ouvir as pessoas de bem e tirarmos proveito para melhorar nossa cidade”, enfatizou o prefeito.

A conversa rendeu e as pessoas presentes tiveram a oportunidade de expressarem suas idéias e fazerem seus questionamentos, ao ponto que o gestor nanuquense respondeu a todos com a firmeza e alegria de sempre. E Roberto pediu a todos os servidores da educação que “cuidem com amor dos estudantes”, especialmente dos alunos das creches. Após a fala de Roberto, a secretária ofereceu um café da manhã regado a refrigerante, café e saborosos petiscos.