Publicado em: 04/12/2018

Categoria:

Estiveram reunidos no dia 03 dezembro, na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Nanuque, o Prefeito Roberto de Jesus e os titulares das Secretarias de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico Sustentável, Planejamento, Agricultura e Fazenda, além do Vice-Prefeito Benedito Souza Barreto, juntamente com a equipe da CWC (Sistema de informação e Solução em Saneamento) para a entrega do Relatório da Proposta do Plano Municipal de Saneamento Básico.

A preocupação com a qualidade ambiental com base nas ações de saneamento vem crescendo de forma exponencial nas cidades brasileiras, uma vez que grande parte dos problemas que afetam o Meio Ambiente e a qualidade de vida das pessoas ocorre devido à deficiência, ou mesmo à inexistência de saneamento básico no Município.

Diante deste cenário e antenado com as modernas tecnologias que envolvem as questões ambientais no que diz respeito às políticas públicas voltadas para o Saneamento Básico, o Prefeito Roberto de Jesus encomendou um minucioso estudo sobre esta temática no Município de Nanuque à CWC, por intermédio da Área de Engenharia e Gestão da empresa, uma vez que é intenção do Chefe do Executivo tomar todas as medidas necessárias para que seja aberto procedimento licitatório para contratação de empresa especializada em operações de tratamento de água e esgoto da cidade.

Um Projeto de Lei foi enviado à Câmara de Vereadores, o qual autoriza o Chefe do Poder Executivo a outorgar, sob o regime de concessão, a prestação dos serviços públicos de água e esgoto do Município de Nanuque. Na prática equivale dizer que a Copasa, se quiser continuar com a prestação dos serviços de saneamento básico na cidade, terá que participar em igualdade de condições com outras empresas do setor atuantes na iniciativa privada e detentoras de maior tecnologia.

Asseverou o prefeito que “é preciso trabalhar no sentido de dar a maior publicidade possível a este Projeto de Lei que está sendo discutido com setores organizados da sociedade, buscando sempre o envolvimento de toda a população no debate, uma vez que isso irá influenciar diretamente na vida das pessoas”.

Está prevista para acontecer, no dia 18 de dezembro, uma reunião na Câmara de Vereadores para tratar do Plano Municipal de Saneamento Básico, para a qual estão convidados os membros do Poder Legislativo, bem como do Ministério Público Estadual.