Publicado em: 22/10/2019

Categoria:

A Supervisora de Aprendizagem do Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE / MG), Sileni Magalhães, e o Supervisor de Operações no Interior de Minas, Henrique Naves, estiveram em Nanuque para implantar o Aprendiz Legal no município. Na oportunidade, Sileni ministrou a aula inaugural para os primeiros 15 jovens participantes do programa.

A implantação do Aprendiz Legal no município se deve, principalmente, ao empenho do Prefeito Roberto de Jesus, que, no ano passado, esteve em visita à sede do CIEE / MG para fechar parceria com a instituição. O projeto evoluiu com a implantação da Unidade de Atendimento em Nanuque e a contratação, no primeiro semestre deste ano, do instrutor de Aprendizagem Wellington Pereira dos Santos.

Os primeiros 15 jovens foram contratados pela empresa FRISA, que realizou a seleção. Dentre estes, 5  participam dos programas da Assistência Social, como CEAN e CRAS, que acompanham famílias em situação de vulnerabilidade social e, com essa oportunidade, poderão colaborar com a melhor qualidade de vida de suas famílias.

O Vice-Prefeito Sargento Barreto comemorou muito essa conquista, afinal, desde o fim da antiga guarda mirim, ele vem buscando meios legais de realizar seu retorno e garantir o primeiro emprego aos muitos jovens nanuquenses que buscam trabalhar, estudar e crescer na vida.

Podem participar do programa jovens com idade entre 14 e 24 anos, desde que matriculados e frequentes no Ensino Fundamental ou Médio ou que já concluíram o Ensino Médio e tenham carteira de trabalho. A carga horária de trabalho pode ser de 4 ou 6 horas diárias, com remuneração proporcional  ao salário mínimo conforme tabela.

O Aprendiz deverá frequentar um dos 2 cursos já disponíveis para Nanuque, que são, Aprendiz em Arco e Varejo e Aprendiz em Serviços Administrativos, ambos ministrados no prédio da UAITEC, onde funciona a Unidade de Atendimento do CIEE / MG em Nanuque, localizada na Avenida Brasil, 644, bairro Vila Nova.

 

#SomosTodosPorNanuque