Publicado em: 04/09/2017

Categoria:

A Divisão de Cultura, sob o comando de Girlane Amaral, realizou nos dias 30 e 31 de agosto uma Exposição de Fotografias Antigas no Coreto Municipal, na Praça da Gurilãndia, que nas últimas semanas vem passando por uma reforma que promete torna-la uma das mais belas praças de Nanuque pela beleza harmoniosa do conjunto.

Inicialmente prevista para acontecer apenas em um único dia, a Exposição Fotográfica teve tão boa aceitação e receptividade perante o público que, atendendo a pedidos, foi estendida para o dia seguinte, cuja visitação comportou alunos da rede pública de ensino, populares, autoridades políticas, civis e militares que acorreram ao local para prestigiar o acervo de fotografias que retratava a Nanuque de pelo menos 50 anos atrás.

A ideia inicial da Divisão de Cultura, em consonância com a 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, era justamente retratar através de fotos a história de Nanuque, seus personagens, as famílias tradicionais, sua evolução através dos tempos, proposta da Jornada Cultural cujo tema desta edição é “Outros Olhares Sobre o Patrimônio Cultural” e tem o objetivo de despertar o olhar, o interesse e o engajamento da população para a preservação do patrimônio material e imaterial de Minas Gerais.

O Acervo

Durante dois meses de buscas incessantes, foram enviados convites a famílias tradicionais e históricas de Nanuque para que participassem da montagem do acervo fotográficos. Dona Edna Romano doou grande parte das fotos do seu marido Geraldo Romano e fotos da época do seu governo; os senhores. Antônio Louzi, Roque Soares, Reginaldo Barbosa e a senhora Conceição Schieber cederam seus acervos fotográficos particulares, enquanto Jader Moreira Rafael contribuiu com as fotos de Dr. Ivan Claret, também do seu acervo particular.

E foi assim, com a colaboração destas pessoas que a realização da exposição se tornou possível, sendo que o restante do material, como os banners retratando o antigo e o atual, foi uma proposta da Chefe de Divisão de Cultura Girlane Amaral, a fim de despertar a atenção das pessoas de como é importante a preservação do patrimônio cultural.

“O sucesso da Exposição Fotográfica retratando a história de Nanuque, em consonância com a proposta da 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, se deve muito à contribuição de pessoas generosas que, mais do que simples expectadoras, são testemunhas vivas dos momentos marcantes da nossa história, retratada na nossa exposição e prestigiada pela população nanuquense. A todos o nosso carinho e o nosso agradecimento”. Afirmou Grilane Amaral, Chefe de Divisão de Cultura do Município de Nanuque.