Av. Geraldo Romano, 135 - Centro, Nanuque - MG ouvidoria@nanuque.mg.gov.br (33) 3621-4882

Prefeito é recebido pela Associação do Bozó

Publicado: 19/07/2018

Categoria:

A Associação dos Produtores de Leite do Bozó recebeu o prefeito nanuquense no último dia 11, durante assembleia geral ordinária da entidade. O prefeito estava acompanhado pelos secretários de Agricultura, Néliton Carvalho, de Obras Valdo Rios, do Desenvolvimento Econômico, Naiara Lima e dos assessores Washington Honorato e Gil Rocha.

Utilizando de um telão, o secretário Néliton fez uma breve apresentação das ações desenvolvidas pela sua Pasta durante esses 18 meses de governo, destacando o apoio da Prefeitura em projetos importantes como Piscicultura e Ovinocultura. O secretário falou do apoio da administração ao setor rural e dos avanços já alcançados. Dentre vários temas abordados pelo secretário, manutenção das estradas vicinais e o aumento do número de pequenos produtores aptos a fornecerem produtos para a merenda escolar; passando de 5 para 25, ganharam destaque na palestra.

O prefeito seguiu a mesma linha da fala do secretário, cumprimentando a todos e agradecendo pelo convite. Uma prestação de contas, como sempre faz em suas reuniões com todos os seguimentos da sociedade, foi o tom da conversa. As dificuldades foram expostas. A real situação da crise que assola todos os municípios e, mais acentuadamente, os de pequeno porte, já é do conhecimento de todos e isso atropela qualquer administração, foi o que deixou claro o prefeito. Mas ele não falou apenas de crise e sim dos avanços conseguidos nesses 18 meses à frente da Prefeitura. Avanços na saúde, na Assistência Social, no setor rural e organização na administração foi dita pelo gestor, que não esqueceu da comemoração dos setenta anos do município, prevista para dezembro.

Após a fala do prefeito, o presidente da Associação agradeceu a presença do prefeito e sua equipe e finalizou a reunião com um café.

Comentar

Governo do Estado contempla Município com 21 mata-burros de ferro

Publicado: 22/06/2018

Categoria:

Com os recursos cada vez mais escassos o Município de Nanuque se sacrifica para manter uma patrulha mecanizada, para amenizar os problemas da mobilidade no meio rural, fazendo extremamente necessária a instalação de alguns mata-burros, o que, nesse momento de crise financeira, torna inviável e fora do alcance financeiro municipal.

Diante desta situação a Prefeitura Municipal, através das Secretaria Municipal de Agricultura e a Secretaria Municipal de Obras, após levantamento técnico, elaboraram um projeto, com apoio do CMDRS – Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, onde mostra a quantidade mínima de mata-burros para atendimento a anseios do homem do campo, observando que os mesmos atenderão rotas de transporte escolar, vias de escoamento de produção. O projeto foi enviado, juntamente com ofício ao secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas em Abril desse ano. No último dia 15, o município foi contemplado com 21mata-burros que serão assentados em estradas rurais do município, conforme projeto.

É a Prefeitura se preocupando com o setor rural, de onde vem os alimentos para a mesa da população e precisa ter melhores condições de escoamento, vez que Nanuque é um município com grande potencial no setor rural, tendo como ponto forte da sua economia a pecuária, porém, vale observar que, nos últimos tempos tem havido considerável crescimento de pequenos produtores que estão se organizando em todos os setores, especialmente aqueles inseridos no Programa Agricultura Familiar.

Comentar

Curso e palestra marcaram a semana no setor da piscicultura em Nanuque

Publicado: 15/06/2018

Categoria:

Dando prosseguimento ao processo de avançar no projeto de pesca com tanques redes, no município de Nanuque, mais 12 pessoas participaram do curso de capacitação prático e teórico oferecido pelo Senar, com iniciativa da Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Agricultura e apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Nanuque e Colônia de Pescadores Z9.


O curso tem duração de 24 horas divididos em três dias. Durante o curso foram aplicadas técnicas de montagem dos tanques, colocação na água, alimentação e biometria dos peixes, peixamento, despesca, qualidade da água; análises clínicas e biológicas e todos as demais etapas para o criatório, incluindo, também o que se refere à legalidade documental necessária e os órgãos aos quais devem ser envolvidos.


Nessa segunda etapa, além de membros da Colônia de Pescadores, alguns produtores rurais se mostraram interessados e participaram do curso. Esses mesmos participantes do curso e mais vários produtores rurais marcaram presenças em uma valiosa palestra ocorrida no auditório da Coopermista na noite do dia 13 desse mês, ministrada pela médica veterinária e instrutora do Senar, Drª Heiderline Leonhardt e seus parceiros Arthur da Costa Lima e Esmar Souza, ambos especialistas em engenharia de pesca.


A cadeia produtiva de peixes de Nanuque ganha força e seus envolvidos começam a acreditar mais; olhar a atividade com a certeza de que estão no caminho certo e que esse enorme potencial precisa ser aproveitado e colocado a favor dos interesses coletivos. O potencial de Nanuque para o setor é, reconhecidamente, uma ‘mina de ouro’, com toda a estrutura de se tornar uma das atividades mais rentáveis do município e geradora de ocupação e renda para centenas de famílias; basta acreditar e seus envolvidos se organizarem.

Comentar

PREFEITURA APOIA A OVINOCULTURA COMO ALTERNATIVA DE RENDA

Publicado: 14/06/2018

Categoria:

A Prefeitura de Nanuque, através da Secretaria Municipal de Agricultura, vem se atentando a todas as formas de fazer crescer a economia da cidade e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida de todos os cidadãos. A postura é firme na busca em apoiar as iniciativas por setores produtivos que gerem ocupação e renda, ampliando as oportunidades, tanto na cidade como no campo, em todo o território do município.

Nessa linha de pensamento e de olho em um setor do agronegócio que vem crescendo a cada dia em todo o país, a Prefeitura resolveu criar mecanismos para incentivar o avanço da ovinocultura no município. Duas semanas de cursos teóricos e práticos e palestra com especialista no setor, deixaram muitos produtores, especialmente de pequeno e médio porte, extremamente entusiasmados e dispostos a investirem de forma profissional no setor que sempre foi visto como secundário e até apenas como hobby, em uma região que tem na pecuária a predominância da economia local e o orgulho dos seus protagonistas.

Os cursos são ministrados pelo professor Luciano Piovesan, instrutor do Senar e especialista do setor. Luciano também é profundo conhecedor do seguimento e criador de ovinos; é também secretário municipal na cidade mineira de Viçosa já na sua terceira gestão e presidente da Comissão de Caprino e Ovino da FAEM (Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais), o que o credencia para, não apenas ensinar como criar ovinos de forma zootecnicamente correta, mas, também, mostrar seu vasto conhecimento como técnico em negócios do setor, durante palestra por ele proferida para um público específico que contou com presenças de criadores de Nanuque e da vizinha cidade de Carlos Chagas.

Foram duas semanas de cursos que usou como instalações para suas aplicações uma propriedade local, com um plantel de animais da raça Santa Inês para as aulas práticas, quando o professor fez demonstrações importantes de como aplicar medicamentos, colocar brincos de identificação dos animais, identificar a idade dos animais através da dentição, dentre outros.

PALESTRA COMO FERRAMENTA DE CONHECIMENTO
Durante palestra com o professor Luciano, no auditório da Coopermista de Nanuque, o secretário municipal de Agricultura, Néliton Carvalho explanou sobre a importância da união entre os criadores de ovinos da região, no sentido de alavancar a prática de mais uma alternativa de renda para todos.

O prefeito municipal, por sua vez, mostrou entusiasmo e reiterou seu apoio, tanto na condição de criador, enquanto gestor do município, para reforçar a ‘Rota do Cordeiro’; circuito para identificar criadores da região, e que se faz necessário seu restabelecimento para melhor intercâmbio entre os interessados. O prefeito foi efusivo em afirmar que: “Nanuque não deve e nem pode ficar esperando grandes indústrias para geração de ocupação e renda para nossa gente; precisamos nos conscientizarmos de que temos que aproveitar os nossos potenciais, que não são poucos, citando como um dos grandes exemplos a cadeia da piscicultura, onde a Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura do município vem se mantendo na linha de frente junto com a Colônia de Pescadores para difundir e fazer funcionar de fato e de direito esse grande patrimônio do município, e assim devemos procedermos tal qual, com a ovinocultura, observando que são linhas distintas, porém, ambas com o mesmo objetivo; o desenvolvimento econômico do nosso município”, enfatizou.

E é preciso ressaltar, que a atual administração do município não espera ser convidada ou convocada; ao contrário, ela tem tomado a iniciativa. A Prefeitura é que tem feito o chamamento e vem tomando a dianteira em todos os setores produtivos, transformando em realidade, projetos que nunca saíram do papel, devido à falta, especialmente, de visão progressista de gestores anteriores.

A palestra, muito bem elaborada com gráficos que não deixam dúvidas das potencialidades de rentabilidade no seguimento em pauta, contou com intervenções de criadores, que aproveitaram para dirimir dúvidas, fazendo questionamentos inerentes à cultura do ovino e recebendo as informações devidas por parte do professor palestrante.

Comentar

Prefeitura retoma patrolamento das estradas rurais do município

Publicado: 14/06/2018

Categoria:

Após um período de instabilidade, com permanentes chuvas que caíram nos primeiros meses do ano, que obrigou a Prefeitura a fazer um intervalo nos serviços de melhoramentos das estradas do município, a Secretaria de Obras, reinicia o patrolamento das estradas vicinais. O trecho de mais de 50 quilômetros que liga a sede do município ao Distrito de Vila Gabriel Passos, já está com seus serviços bem avançados, com mais de 20 km já prontos, e a máquina patrol continua em ritmo acelerado para aproveitar o período de estiagem, que não se sabe até quando vai durar. Outras estradas que comunidades rurais, também estarão sendo atendidas, o que pode não acontecer com muita rapidez, vez que a Prefeitura não dispõe de muitas máquinas para atender todas as demandas em curto prazo de tempo. Mas garante o secretário municipal de obras que a Prefeitura pretende atender a todas as localidades rurais do município, ressalvando que se faz necessário paciência e colaboração de todos.

Comentar

Vigilância Sanitária alerta para aquisição de alimentos após 10 dias de greve dos caminhoneiros

Publicado: 04/06/2018

Categoria:

A Vigilância Sanitária de Nanuque vai intensificar as fiscalizações aos estabelecimentos que comercializam alimentos e está orientando os consumidores para a compra de produtos, principalmente refrigerados e congelados, após a paralisação dos caminhoneiros.

A coordenação da Vigilância Sanitária alerta aos consumidores que devem tomar alguns cuidados ao ir às compras nesse retorno do abastecimento dos supermercados. “A preocupação é com a conservação inadequada de alimentos refrigerados e congelados durante o movimento. Os consumidores devem estar atentos às características sensoriais; cor, odor e textura e outros sinais de alteração no ato da compra de carnes, frangos e pescados; leite, queijos, iogurte, sobremesas lácteas e outros derivados lácteos; além de embutidos como linguiças, salsichas, mortadelas, presunto e outros”, explicou a coordenação da vigilância sanitária.

O consumidor deve checar a integridade das embalagens, principalmente dos produtos congelados, data de validade e a forma adequada de armazenamento. Ao comprar massas e pães de queijo verificar o crescimento de fungo e esfarelamento do produto.

Em produtos congelados, observar pontos amolecidos ou presença de líquido congelado no interior da embalagem sem ser parte integrante do produto, isso pode indicar que a mercadoria descongelou e foi recongelada. No caso das carnes, deve-se verificar a viscosidade, a coloração e o odor. Nos laticínios, checar se há estufamento da embalagem.

Se durante a compra o consumidor tiver qualquer suspeita que o alimento esteja inadequado para consumo deve encaminhar denúncia à Vigilância Sanitária. É preciso informar nome, marca, lote e validade do produto e nome e endereço do estabelecimento comercial onde o produto foi adquirido”, informou a coordenadora da Vigilância Sanitária.

As denúncias deverão serem feitas na Vigilância Sanitária 2 andar da Secretaria Municipal de Saúde- localizada na avenida Geraldo Romano-400, por telefone (33) 3621-2816 ou e-mail: nanuquemg@yahoo.com.br

 

Comentar

Pescadores da Colônia Z9 recebem curso de capacitação promovido pelo Senar

Publicado: 14/05/2018

Categoria:

A Prefeitura de Nanuque, através da Secretaria Municipal de Agricultura e a Colônia de Pescadores Z9, com apoio do Idene e Ministério da Integração Nacional, intensificam ações para levar adiante o projeto de colocarem mais de 40 tanques redes no lago da Usina Santa Clara, nos próximos dias. Após constantes reuniões entre as duas instituições, se chegam a acordos de parcerias que devem produzir os melhores frutos que gerará ocupação e renda para dezenas ou centenas de pessoas dentro da cadeia produtiva de pescados, que se inicia com toda pujança no município.

O Projeto de tanque rede na cidade se arrasta por mais de 10 anos e, até então, nunca conseguiram seguir adiante, devido, especialmente, a falta de atenção, visão desenvolvimentista e apoio da Prefeitura Municipal, em governos anteriores. Para se ter uma ideia da grandeza da Colônia de Pescadores de Nanuque, ela tem mais de 360 associados, uma estrutura invejável, com caminhão, automóvel, veículo de passageiros, sede equipada e muito mais. Mais de 200 tanques redes foram adquiridos pela Colônia, que até hoje não conhecem a água do Rio Mucuri; estão todos embalados do jeito que chegaram. E o potencial do lago e demais estruturas e materiais, merece destaque, que chegou a impressionar até a experiente veterinária Drª Heiderline Leonhardt, instrutora do Senar, especializada no assunto.

Mas, vamos deixar o passado e seguir adiante; olhar para frente, quando parece que uma luz começa a mostrar seus primeiros raios de esperança.  O povo está se animando e começando a se organizar para produzir, inicialmente, cinco toneladas de pescado por mês. Mas o Projeto é bem mais audacioso e seus responsáveis sabem disso; mas, sabem, também, que é preciso cautela, moderação, capacitação técnica e, acima de tudo, muita compreensão entre todos os envolvidos no processo.

Nesse processo de avançar na construção do Projeto, 12 Pescadores da Colônia concluíram, nesse início de mês, um curso prático e teórico de capacitação, Promovido pelo Senar, com duração de 24 horas, divididos em três dias, ministrado pela veterinária Drª Heiderline Leonhardt, instrutora do Senar, que vai desde a montagem do tanque, a colocação na água, a alimentação e biometria dos peixes, o peixamento, a despesca, a qualidade da água; análises clínicas e biológicas e todos as demais etapas para o criatório, incluindo, também o que se refere à legalidade documental necessária e os órgãos aos quais devem ser envolvidos.

O curso aconteceu na Colônia dos Pescadores, às margens do lago. O secretário municipal da Agricultura, Néliton Carvalho, acompanhou tudo de perto. Até o prefeito e a primeira dama estiveram no local, quando participaram de um almoço oferecido pelos pescadores. O prefeito acompanhou parte do curso; conversou com todos e reiterou o esforço da Prefeitura em envidar todos os esforços necessários para que o Projeto alcance o sucesso almejado.

Comentar

Prefeitura entrega novos banheiros na Feira Coberta e reordena os espaços

Publicado: 08/05/2018

Categoria:

Dotando o espaço comercial de infraestrutura, para atender melhor aos comerciantes e clientes da Feira Coberta, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura se reúne com feirantes e começa a reorganizar os espaços para abrigar mais feirantes e fazer valer o Código de Postura do município, retirando os vendedores ambulantes de calçadas e outros espaços públicos, dando a oportunidade de venderem seus produtos em lugar coberto e dotado de higiene. A reordenação das barracas facilitou a locomoção das pessoas e gerou mais espaços para outros comerciantes que queiram se instalar no local

A reclamação sobre as péssimas condições dos dois banheiros da Feira era constante por parte dos comerciantes e frequentadores do local. Há muito não se fazia uma melhoria naquele local. No último dia quatro, a empresa responsável pela ampliação, melhorias e adequação dos banheiros entregou à Prefeitura a obra já concluída.

Pouco ou quase nada foi aproveitado dos antigos banheiros. O masculino foi ampliado e os dois receberam adequações para Pessoas com Necessidades Especiais (PNE), como rampa de acessibilidade e corrimão. Isso mostra a visão da atual gestão com os espaços públicos; visão de organizar a cidade com qualidade.

A Feira Coberta é um espaço amplo com área de açougues, de sacarias, frutas e legumes e outros produtos. Também tem a parte de alimentação e barzinhos e, logo na chegada há um espaço mais utilizado por camelôs. Tornou-se um espaço cultural onde se encontra de quase tudo um pouco. A Feira Coberta de Nanuque funciona de segunda a sábado; sendo sábado o dia mais popular, quando as famílias vão efetuar suas compras, especialmente de produtos naturais vindos diretamente da roça.

Comentar

Prefeito intercede junto ao Governo Estadual para expansão do Frisa

Publicado: 13/04/2018

Categoria:

Acompanhado do deputado estadual Gustavo Santana o prefeito Roberto de Jesus, cumprindo agenda na capital do Estado, esteve na Secretaria de Meio Ambiente, quando se reuniu com o secretário da Pasta. Formando a comitiva, se fizeram presentes, representando o Frisa, Sidney Pereira Silva e Maiara Costa.
Na pauta o principal assunto foi o requerimento, junto ao Estado, da expedição de um ato que reconheça uma Área de Preservação Permanente (APP), como área de interesse social, com a finalidade de atendimento às exigências do Serviço de Inspeção Federal, que preveem obras de ampliação e adequação do Frigorífico Frisa já instalado nas imediações da área, mantendo a regularidade já existente, bem como ampliar e garantir a capacidade técnica do frigorífico.
Tal ato dará condições necessárias e legais para que a empresa atenda todas as exigências legais da fiscalização federal, garantindo, assim, o funcionamento e a expansão de atividades da empresa, assegurando mais empregos e ampliando a capacidade da oferta.
Para o prefeito, a reunião foi considerada altamente positiva em todos os aspectos, tendo, inclusive, recebido orientações do próprio Secretário quanto aos passos e atos necessários para a construção das condições ao atendimento do pedido
Registrou-se ainda que trata-se já de área antropizada (civilizada) e que não haverá supressão de vegetação, nem qualquer espécie de prejuízo ao meio ambiente, vez que as intervenções necessárias se darão em área já utilizadas há mais de 20 anos.
O Frisa é a maior empresa privada geradora de empregos de Nanuque e referência em qualidade de seus produtos. A ampliação das atividades da empresa é vista com grande expectativa e o prefeito tem trabalhado na intervenção junto aos órgãos responsáveis para a liberação o quanto antes da área em questão.

Sidnei Pereira, Maiara Costa, o secretário de Meio Ambiente, Germano Luiz, prefeito Roberto de Jesus e o deputado estadual, Gustavo Santana

Comentar

Projeto de instalação de poços artesianos do Idene será retomado

Publicado: 10/04/2018

Categoria:

A Secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, de Nanuque representou bem a Prefeitura, quando seu secretário Néliton Carvalho esteve no Idene cobrando maiores informações sobre a conclusão do projeto dos poços artesianos, que já estão instalados há aproximadamente um ano e meio no município, sem que tenham sido utilizados pelas comunidades beneficiárias.

O secretário nanuquense foi informado de que os resultados das análises de água que foram realizadas na época, atestaram baixa qualidade nas amostras coletadas. Mas Néliton considerou que a forma de coleta das amostras, provavelmente não tenham sido realizadas dentro das exigências necessárias. Assim sendo, depois dessa visita ao órgão responsável, foi autorizado a solicitação da energização dos referidos poços para se realizar novas coletas de forma adequada.

O Secretário acredita que não haverá problemas nos futuros resultados das análises, por já ter sido comprovado que poucas áreas dentro do município, apresentam problemas na qualidade da água, constatando apenas um índice de salinidade elevada, mas sem outras contaminações que possam colocar em risco o funcionamento dos poços e, consequentemente o uso da água para uso humano.

Com a autorização para dar seguimento ao processo, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, irá providenciar a documentação necessário para solicitar à CEMIG a energização destes poços.

 

Comentar
[ajax_load_more scroll="false" transition="fade" transition_speed="600" images_loaded="true" exclude=""]

Quem somos

Localização:

Avenida Geraldo Romano, nº 135
CEP: 39860-000
Fone: (33)3621-4882

Mapa